Blog Produção Jr.

Tenha uma visão mais abrangente de seu negócio com uma curva ABC

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Você verá neste artigo:

Tenha uma visão mais abrangente de seu negócio com uma curva ABC

Você sabe quais são os produtos que mais dão lucro a sua empresa? Quais são os produtos mais estratégicos na venda? Sabe organizar seu estoque da melhor maneira?

Entre diversos problemas encontrados nas empresas, pode-se mencionar a dificuldade em gerenciar o estoque, uma alocação ineficiente dos produtos, o desconhecimento dos produtos que trazem mais faturamento e posicionamento incorreto dos produtos na loja para tornar mais atraente à venda.

Para eliminar os problemas acima e a maior parte das dificuldades enfrentadas com a gestão do estoque, existe uma ferramenta, um método de categorização dos produtos mais importantes das empresas: chamada Curva ABC.

O que é curva ABC

A partir da categorização de todos os produtos das empresas, a curva ABC tem como principal finalidade elencar os produtos que compõem o estoque de acordo com o grau de importância de cada um. A ferramenta permite visualizar os produtos que mais são vendidos e geram mais lucro para a empresa, caracterizando-os em produtos A, B ou C.

Além disso, auxilia na tomada de decisões estratégicas das empresas, assim como na alocação dos insumos no estoque, disposição ideal das mercadorias nos estabelecimentos, contribui para a formação de um Layout ideal, além de ser benéfico para posicionar os produtos de forma a agregar mais valor à empresa.

Saiba mais sobre a organização do Layout da sua empresa clicando aqui!

Produtos mais importantes costumam ter lugares mais privilegiados no local de venda, assim como produtos de alta necessidade ficam mais afastados, com o intuito dos clientes percorrerem toda a empresa para encontrá-los. Mercadorias de valores mais acessíveis ficam próximas às filas, como opção de última compra.

Utilizando a Curva ABC

A separação estratégica dos itens no estoque se baseia na curva ABC, Diagrama de Pareto ou Curva 80-20, seguindo critérios como giro dos produtos, proporção sobre o faturamento, margem de lucro, custo do estoque ou outro parâmetro escolhido.

O termo ABC consiste em classificar os itens em 3 faixas:

Classe A: 20% dos itens representam 80% do valor;

Classe B: 30% dos itens representam 15% do valor;

Classe C: 50% dos itens representam 5% do valor.

Assim como evidenciado na figura, a Classe A é o grupo de itens mais importantes a serem trabalhados e gerenciados, afinal são os produtos de alta porcentagem em representação do valor de vendas ou em estoque.

A Classe B representa os itens intermediários os quais necessitam de uma atenção moderada por possuir uma boa representatividade.

Já a Classe C representa mercadorias com baixa movimentação no estoque e em pequenas quantidades de venda, porém necessita de um monitoramento pelo motivo de gerar custo à empresa por estar parado no estabelecimento.

Como criar uma planilha de Curva ABC para o seu negócio

Agora que já entendeu o que é uma Curva ABC, quando e para que deve ser utilizada, é importante colocar em prática. Para isso, siga as etapas abaixo.

Em primeiro lugar, você deve abrir uma planilha no Excel listando todos os seus produtos, com o valor unitário de cada, quantidade vendida e valor total por produto (resultado da multiplicação da célula de quantidade pelo valor unitário por produto).

O período de vendas analisado para o preenchimento dos dados depende de quais informações deseja extrair a partir do Diagrama de Pareto. Portanto, você escolhe qual mais faz sentido.

O próximo passo é calcular o porcentual de participação de cada um dos itens em suas vendas, fazendo a divisão do valor total por produto pelo total de vendas executado no período considerado em cada estabelecimento.

Assim, você irá organizar a planilha pelo valor total por mercadoria. Em seguida, irá somar os porcentuais de cada produto ao total acumulado. Com isso, verá qual é a sua porcentagem acumulada.

Por fim, deve organizar os dados em ordem decrescente de porcentagem com o intuito de classificar os elementos em A, B ou C.

Para manter as informações corretas, atente-se a estes fatores:

  • O número ou referência do produto não pode estar duplicado;
  • O valor dos produtos precisa ser atualizado;
  • Deve levar em conta o período de vendas considerado.

Importância da Curva ABC

A Curva ABC permite uma visão mais abrangente do negócio, permitindo tomada de decisões estratégias. Dentro dessas medidas, pode-se citar o melhoramento do mix de produtos, levando em consideração que os itens da Classe A, por serem os mais procurados, não podem faltar.

Por outro lado, os produtos B e C, mesmo sendo de menor relevância, não devem ser necessariamente eliminados, pois elevam a estabilidade da empresa, o valor faturado, além de oferecer uma solução completa para o cliente em relação a variedade de mercadorias.

Ademais, permite uma concordância entre o estoque e a demanda, elevando a assertividade do número de itens no estoque, reduzindo capital parado o qual poderia ser investido em diferentes setores da empresa, gerando informações para a equipe de compras e impedindo o bloqueio da venda por falta de materiais.

Por fim, garante uma campanha de marketing mais assertiva e uma logística otimizada, por considerar a localização dos itens de acordo com a quantidade de entradas e saídas.

Se você acredita que sua empresa esteja sofrendo com os sintomas citados acima, converse com um consultor Produção Jr! Ficaremos felizes em poder te ajudar.

Skip to content