Blog Produção Jr.

O que é Jidoka e qual a sua relevância?

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Jidoka
Você verá neste artigo:

JIDOKA – O QUE É E QUAL A SUA RELEVÂNCIA?

Apesar de extremamente importante dentro de uma empresa, o jidoka é muitas vezes esquecido, porém, junto do just-in-time ele é um dos pilares do Toyotismo. Seu funcionamento consiste na interrupção imediata dos processos que estão sendo realizados no caso de erros e problemas nos mesmos.

A observação do erro deve ser feita por meio da autonomização e este deve ser corrigido. Dessa forma, os processos são aprimorados, reduzindo a quantidade de falhas e melhorando a qualidade da fabricação.

Quando o processo é interrompido gera-se um sentimento de eminência destacando o problema que fez ele parar. Isso resulta em melhorias do processo e em uma maior qualidade e possibilita a observação e eliminação da raiz dos problemas.

Ao longo deste artigo, você verá as etapas do Jidoka, e entender por que esta importante ferramenta pode ser muito útil dentro de sua fábrica.

QUAL O SIGNIFICADO DE JIDOKA?

Para começarmos, é importante saber o significado da palavra Jidoka.

O conceito da palavra japonês significa: “automação com inteligência humana”. Já que a aplicação do Jidoka fornece a capacidade de detectar uma uma condição de anomalia tanto para às máquinas, quanto para seus operadores, dando assim o significa do termo.

POR QUE O JIDOKA É UM PILAR MUITAS VEZES ESQUECIDO?

Como já mencionado, jidoka é o pilar frequentemente esquecido do Toyotismo, porém é extremamente relevante dentre os princípios do Lean que são utilizados para aprimorar os processos da empresa. Sua essência se baseia em aprimorar o processo de produção do produto a ser entregue de forma a melhorar sua qualidade e reduzir eventuais gastos.

A etapa de excelência da produção é vital para a sobrevivência da empresa e, por isso, não deve ser deixada de lado.O motivo dessa ideologia cair em esquecimento é o medo que muitas empresas têm em interromper seus processos.

É evidente que, de forma geral, as empresas sempre visam o maior lucro possível e parar um processo inteiro por um erro pequeno pode ser visto como uma perda de tempo. Todavia, ao interromper esse processo e corrigir o erro descobrindo sua causa raiz possibilita-se menores perdas e, portanto, maiores lucros futuros.

QUAIS AS ETAPAS DO JIDOKA?

O jidoka se baseia em poucas etapas, sendo elas: 

  • identificar as anormalidades;
  • interromper o processo;
  • estudar a origem do erro para sua correção; 
  • corrigir o problema.

Essas etapas não se baseiam apenas na autonomização, que é fornecer aos equipamentos a habilidade de identificar as falhas de forma a não precisar de um operador de máquinas.

O jidoka deve ser observado em todas as etapas da fabricação e baseia-se no aprimoramento da qualidade de etapa em etapa, possibilitando maior precisão de todas elas e garantindo maior qualidade e sendo uma forma de prevenção de produtos defeituosos.

QUAL SUA RELAÇÃO COM O LEAN MANUFACTURING?

Ferramentas Lean, assim como o Kanban ou o 5S, tem a capacidade de usar aspectos da gestão visual para, igual ao jidoka, identificar anormalidades de maneira mais fácil e assim corrigi-las.

O conceito do Lean liga-se aos princípios do jidoka uma vez que ambos têm como objetivo a determinação das anomalias e suas causas para poder corrigi-las, assegurando o melhor funcionamento possível da fabricação.

Para isso, as etapas do Jidoka (observar anomalias, corrigir problemas, investigar e corrigir a origem do problema) são utilizadas para pôr em prática as ferramentas presentes no Lean Manufacturing.

Se interessou pelo tema? Gostaria de saber como nós podemos ajudar a sua empresa? A Produção Jr oferece uma grande variedade de serviços que poderão ser úteis para você. Para saber mais sobre nossos serviços que poderão te ajudar, clique aqui ou entre em contato conosco e agende um diagnóstico gratuito!

Skip to content