Blog Produção Jr.

Logística 4.0: Entenda em 4 passos

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Blockchain
Você verá neste artigo:

Logística 4.0: entenda em 4 passos 

Com o advento da Quarta Revolução Industrial, surge o conceito de Indústria 4.0. Assim, a automação e a integração de diversas tecnologias são introduzidas nas indústrias. Nesse contexto, temos a ideia de Logística 4.0 relacionada à Indústria 4.0, quando cada vez mais torna-se necessário investir nessas técnicas para aumentar o potencial e os diferenciais de uma organização.   Ambas visam agilizar os processos produtivos e tomar decisões a partir da maior obtenção de informações.

O que é Logística 4.0?

O conceito de Logística 4.0 é uma evolução da logística tradicional e refere-se à utilização de tecnologias da Indústria 4.0 nos procedimentos de armazenagem, fiscalização, segurança, transporte e outros. Dessa maneira, através da gestão inteligente, é possível torná-los mais rápidos e conectados, auxiliando na análise dos dados dos processos. Consequentemente, ela impacta diretamente as empresas, a cadeia de suprimentos, o estilo de vida dos clientes e o mercado.

Como a logística 4.0 se difere da logística tradicional?

No modelo clássico, a fabricação é realizada em larga escala e a empresa mantém um grande nível de estoques para suprir a demanda. Conforme os avanços tecnológicos se desenvolvem, os clientes passam a ser mais exigentes. 

Dessa forma, para que as organizações se tornem progressivamente mais competitivas, surge a necessidade de atender essas exigências, produzir de acordo com a procura e personalizar os bens e serviços. Assim, a Logística 4.0 se caracteriza pela restrição dos níveis de estoque, agilidade e otimização dos processos. Além disso, os negócios se tornam independentes dos grandes centros de distribuição, melhoram a qualidade e agregam mais valor aos bens e serviços.

Quais tecnologias fazem parte desse modelo?

Diversas tecnologias pertencem à logística 4.0 e contribuem para uma gestão eficaz e automatizada dos estoques e da produção. Entre elas, cabe destacar:

  • Automação:

    Através de sistemas automáticos, os equipamentos e dispositivos fiscalizam seu próprio desempenho e corrigem erros e falhas. Com isso, é possível aumentar a produtividade do processo, uma vez que diminui o retrabalho e os erros humanos, assim como os gastos relacionados a esses fatores.

  • Internet das coisas (IoT):

    Essa tecnologia é definida como a forma com que objetos se conectam e se comunicam mutuamente e com o usuário. Com essa integração e conectividade, os dados são transmitidos em tempo real para uma rede. Esses dados são de extrema importância para o entendimento e o aperfeiçoamento dos procedimentos.

  • Inteligência artificial (IA):

    A IA é uma área da ciência da computação que consiste em computadores capazes de realizar tarefas consideradas anteriormente como exclusivas dos seres humanos. Esse campo permite a criação e o aprimoramento de equipamentos e processos. 

  • Sensorização e simuladores:

    Por meio desses instrumentos, as empresas conseguem monitorar cargas, construir rotas mais eficazes e reduzir os custos e riscos relacionados à logística interna e externa.

Quais benefícios e vantagens a logística 4.0 oferece?

Essa inovação oferece muitos benefícios e vantagens fundamentais para que um negócio se torne cada vez mais competitivo no seu segmento. Alguns deles são:

Aumento da eficiência

Os sistemas de monitoramento asseguram uma maior precisão no processo. Deste modo, a eficiência operacional cresce, assim como a produtividade. Além disso, ao digitalizar esses métodos, o lead time é reduzido e esses processos se tornam mais conectados. 

Responsividade logística

Com a otimização das frotas e da roteirização obtida com a logística 4.0, a empresa desenvolve uma responsividade, isto é, se torna apta a satisfazer os interesses dos clientes mais precisamente e rapidamente. Os prazos de entrega e os estoques são reduzidos. Isso tudo, mantendo, ou até aumentando, a qualidade dos bens e serviços. 

Redução de custos e prejuízos

Com o acompanhamento em tempo real, é possível traçar soluções mais efetivas. Assim, a logística 4.0 proporciona uma diminuição dos gastos relacionados à armazenagem, retrabalho, trajeto, transporte e perdas nos estoques.

Aperfeiçoamento da análise de dados

A partir da conectividade, da integração e do investimento nas tecnologias da indústria 4.0, os dados e informações são transmitidos rapidamente e verificados constantemente. Esses dados auxiliam nas tomadas de decisão, que serão mais assertivas devido essa verificação e agilidade. Ademais, possibilita prever a demanda e o comportamento do consumidor.

Aumento da satisfação dos consumidores

Os clientes estão mais exigentes e valorizam a qualidade e o prazo tanto dos produtos quanto da entrega. O monitoramento e a gestão em tempo real dessas entregas permitem que a jornada do consumidor seja completa e positiva. Logo, o cliente poder acompanhar o processo todo, o que impacta positivamente sua experiência e aumenta seu nível de confiança.

Conclusão

Portanto, pode-se concluir que, com a Logística 4.0, as empresas conseguem transformar os seus processos a fim de deixá-los mais produtivos, eficientes, tecnológicos e assertivos. Além de suprir as novas necessidades do mercado e proporcionar uma boa jornada do cliente, que fica mais satisfeito. Também, diminuem os custos e as perdas dos processos. Logo, é de extrema importância para se tornar mais competitivo no mercado.

Gostou do nosso conteúdo? Veja mais no nosso blog e em nossas redes sociais! Nós da Produção Jr te ajudamos a planejar e estruturar isso dentro da sua empresa, entre em contato para marcar um diagnóstico online e gratuito.

Skip to content