Blog Produção Jr.

Desenvolvimento de Produto

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Desenvolvimento de produto
Você verá neste artigo:

Desenvolvimento de Produto

No ambiente em que vivemos atualmente, todos os setores do mercado enfrentam a concorrência – onde o cliente optará pelo melhor custo-benefício e qualidade do produto. Companhias que querem manter suas posições no mercado tem a necessidade de aprimorar seus produtos, bem como investir em inovação e criação de novas opções para seu portfólio, que estabelecerá uma vantagem competitiva e abrirá possibilidades para geração de lucros.

Diversas áreas da engenharia são acionadas quando um novo produto é pensado. Isso porque, em um único produto, diversos aspectos devem ser considerados para a conquista do mercado, como:

Essas são algumas etapas que definirão se o produto é viável ou não nas condições especificadas.

Toda ideia deve ser pensada e trabalhada afim de descobrir se o novo produto se enquadra nos critérios mercadológicos, pois uma nova criação a ser implementada deve suprir necessidades e criar desejos.

Antes de chegar no produto final, alguns passos devem ser seguidos. As principais etapas do desenvolvimento de um novo produto são:

  1. Planejamento

Definição de todo o projeto. É nesta hora devemos pensar qual a real funcionalidade do novo produto e em que ele agregará valor para os clientes, os possíveis riscos devem ser elencados e medidos, como também todos os lucros e gastos devem ser considerados. Não tenha medo de ser redundante ou muito específico! A etapa de planejamento definirá o futuro de todos os processos e medidas tomadas até a obtenção de um resultado de sucesso – ou não.

  1. Projeto

Engloba o desenho, desenvolvimento ou seleção de materiais, protótipo e, provavelmente, muita frustração. A depender do tipo de produto a ser desenvolvido, especificações técnicas demandarão boa parte do tempo e dinheiro necessários para que um produto de qualidade consiga ser formado.

Com objetivos bem definidos, é necessário estar ciente dos recursos tecnológicos e econômicos que o projeto irá demandar. Nesta etapa, é essencial que todas as áreas possíveis do conhecimento estejam presentes para ser o mais assertivo possível. O Engenheiro de Materiais tem base multidisciplinar suficiente para conseguir lidar com os fatores de custo, normas e projeto.

  1. Lançamento

É o momento de materializarmos o conceito, a realização de todas as etapas planejadas e pensadas no projeto e, junto a isso, preocupações externas, que demandam muito conhecimento sobre o mercado que será lançado. Nesta etapa, também são importantes os lançamentos dos protótipos e tentativas incansáveis de aprimoramento, além de muitos ensaios para a determinação da qualidade do produto final.

Como a Materiais Júnior pode ajudar no desenvolvimento de produto?

  • Etapa de planejamento: atribuição de custos de matéria-prima e processo produtivo – assim como redução dos possíveis gargalos nessas áreas, análise dos riscos considerando material utilizado, fornecedor, propriedades, etc.;
  • Otimização de processos já existentes, seleção de materiais, desenho do produto, normas técnicas a serem utilizadas, ensaios e solicitações a depender do tipo de produto (produtos estruturais exigem muitos ensaios mecânicos, por segurança);
  • Análise de viabilidade.

Pensando em inovar e desenvolver um novo produto?

Muitas variáveis estão associadas ao desenvolvimento de um novo produto e sua inserção no mercado. A Produção Jr e a Materiais Jr reuniram seus conhecimentos e os alinharam de modo a tornar mais acessível os conhecimentos relacionados a isso.

Leia o conteúdo da Produção Jr e conheça a importância da pesquisa de mercado para o desenvolvimento de um novo produto clicando aqui!

Se interessou pelos serviços de uma empresa júnior? Então entre em contato conosco para um diagnóstico grátis ou orçamento para sua empresa!

Skip to content