Blog Produção Jr.

DRE: saiba como essa ferramenta irá otimizar sua gestão empresarial

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Você verá neste artigo:

DRE: saiba como essa ferramenta irá otimizar sua gestão empresarial

É muito provável que você já tenha se deparado alguma vez com a sigla “DRE”, seja em uma reunião executiva ou até mesmo no dia-a-dia. O fato é que esse termo remete a um instrumento de extrema importância para a gestão empresarial de qualquer organização, além de, juntamente com o balanço patrimonial e fluxo de caixa, ser um dos pilares da administração financeira.

Portanto, que tal conhecer um pouco mais sobre esse instrumento administrativo que é, ao mesmo tempo, tão simples e tão poderoso e que pode fazer seu negócio decolar ainda mais

Mas, afinal, o que significa DRE? 

Primeiramente, DRE é a abreviação para Demonstrativo de Resultados do Exercício: nada mais é que um relatório, realizado de forma resumida, sobre as operações de uma empresa em um certo período e que lhe mostra, ao final e de uma forma clara, se houve lucro ou prejuízo.

Para tanto, são necessárias algumas informações sobre seus valores de receita, custos, despesas, lucros e impostos. Há a necessidade, contudo, de que tais valores estejam o mais próximo da realidade de sua empresa, visto que uma interpretação equivocada de qualquer um desses elementos já invalida os resultados do DRE. Por isso, é essencial realizar o cálculo adequado de seu retorno financeiro

Quais são os benefícios de um DRE?

Primeiramente, é importante ressaltar que a elaboração de um Demonstrativo de Resultados do Exercício está incluída em uma das exigências da legislação brasileira: por lei, exige-se que todas as empresas (exceto Micro Empreendedores Individuais) mantenham uma contabilidade regular, realizada ao menos uma vez por ano.

Além disso, a partir dele, você também poderá medir sua capacidade de gerar lucro, facilitando a visualização dos resultados do seu negócio. Dessa forma, a sua tomada de decisão poderá ser feita de maneira mais assertiva, visto que erros, ocasionados por distorção de informações financeiras, tendem a ser minimizados

Outro uso recorrente desse instrumento é com a finalidade de se pedir um financiamento bancário ou atrair investidores para a sua empresa: nessas horas, a apresentação de um DRE bem estruturado é vital, já que é uma peça chave para a avaliação da saúde financeira de seu empreendimento!

Dessa forma, é de suma importância compreender quais são as etapas do processo de estruturação de um DRE adequado, que serão explicadas logo a seguir:

O funcionamento de um DRE em 10 passos

Para a análise, será utilizado o exemplo de Demonstrativo de Resultados do Exercício abaixo. É válido lembrar, contudo, que essa estrutura pode variar segundo os dados que você deseja saber sobre a sua empresa, bem como o período a ser analisado.

1- Primeiramente, é lançada a Receita Operacional Bruta, que é basicamente toda a receita gerada por vendas ou serviços efetivamente prestados pela sua empresa; 

2- A seguir, descontam-se dessa receita bruta todos os impostos referentes às vendas, como ISS e ICMS. Além disso, nessa etapa são deduzidos também os valores de descontos, devoluções e vendas não-concretizadas;

3– Por sua vez, a subtração de tributos e deduções da receita bruta gera a Receita Operacional Líquida do período analisado;

4- Aqui, são retirados da receita líquida todos os investimentos referentes aos esforços de compra/venda ou prestação de algum serviço, denominados Custos de Venda. Bons exemplos para isso são os custos com frete e salário de vendedores;

5- Assim, a Receita Líquida menos os Custos de Venda resulta no Lucro Bruto;

6- Em seguida, há a retirada das Despesas Operacionais do Lucro Bruto: tais despesas representam todos os gastos com aspectos indispensáveis para a manutenção das atividades, como aluguel, água, luz, internet, dentre outros, e são classificadas em gerais, administrativas e de vendas. Nessa etapa são descontados também outras despesas, lucros ou prejuízos operacionais;

7- É nesse ponto em que, uma vez subtraídas todas as despesas e receitas operacionais do Lucro Bruto, obtém-se o EBIT, sigla em inglês para lucro antes dos juros e tributos (ou LAJIR). Ele representa o lucro bruto, ou melhor, o verdadeiro lucro contábil das atividades realmente ligadas ao negócio, levando em conta depreciações e amortizações dos bens da empresa;

8- Logo após a determinação do EBIT, são descontados também as Receitas e Despesas Financeiras. Um exemplo de receita financeira é o rendimento de uma aplicação, enquanto multas e juros pelo atraso do recolhimento de imposto são exemplos de despesas financeiras; obtém-se, desse modo, o LAIR, ou Lucro antes dos Impostos;

9- A partir do LAIR, é realizada a dedução dos seguintes impostos: IRPJ (Imposto de Renda de Pessoa Jurídica) e CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido);

10- Por fim, obtém-se o Resultado do Exercício, que pode retornar um lucro (quando positivo) ou um prejuízo (quando negativo) após a disposição de todas as despesas e receitas já citadas. Ele é de extrema importância para as mais diversas decisões que você terá de tomar, seja a respeito de novos investimentos, financiamentos próprios etc.

Em resumo:

O Demonstrativo de Resultados do Exercício possibilita a visualização de importantes elementos financeiros de seu negócio, que serão essenciais para a sua tomada de decisão. Além de ser obrigatório em quase todas as empresas, ele permite uma leitura financeira de uma maneira otimizada, possibilitando, dessa forma, uma atuação muito mais rápida em possíveis situações de crise.

Assim, você possuirá dados confiáveis que lhe auxiliam tanto no momento de realizar corte de gastos específicos quanto na hora de investir ainda mais no seu empreendimento. Sem um DRE correto, torna-se quase impossível ter noção de sua real situação financeira, o que pode comprometer todos os seus esforços de alavancagem do seu negócio.

Estruture seus relatórios financeiros com auxílio da Produção Jr!

Se você se interessou pelo DRE e deseja saber mais sobre como boas práticas de administração financeira podem ser aplicadas ao seu negócio, entre em contato com a Produção Jr e agende um diagnóstico gratuito

Skip to content