Blog Produção Jr.

Gargalos de Produção: Saiba por que é tão importante identifica-los

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
gargalos de producao
Você verá neste artigo:

[av_image src=’https://producaojr.com.br/wp-content/uploads/2019/05/gargalos-de-producao-600×321.png’ attachment=’5607′ attachment_size=’entry_with_sidebar’ align=’center’ styling=” hover=’av-hover-grow’ link=” target=” caption=” font_size=” appearance=” overlay_opacity=’0.4′ overlay_color=’#000000′ overlay_text_color=’#ffffff’ animation=’no-animation’ admin_preview_bg=”][/av_image]

[av_one_full first min_height=” vertical_alignment=” space=” custom_margin=” margin=’0px’ padding=’0px’ border=” border_color=” radius=’0px’ background_color=” src=” background_position=’top left’ background_repeat=’no-repeat’ animation=” mobile_breaking=” mobile_display=”]

[av_textblock size=’15’ font_color=” color=” av-medium-font-size=” av-small-font-size=” av-mini-font-size=” admin_preview_bg=”]

Por que é tão importante identificar os gargalos de produção da sua empresa?

 

O que são?

O gargalo da produção é a etapa mais lenta do processo produtivo de uma empresa. Dessa forma, ele está ligado diretamente à velocidade da produção e à capacidade produtiva da empresa em análise.

Em um processo produtivo, é normal que existam etapas com tempos de duração distintos. A essência do gargalo está relacionada a essa diferença e, consequentemente, à discrepância da capacidade produtiva de processos subsequentes. Por isso, na prática, pode-se associar o gargalo à etapa de maior sobrecarga.

 

Tempo é dinheiro!

Uma vez que os gargalos são fatores limitantes da velocidade da sua produção, eles ocasionam desperdícios de tempo e de dinheiro, pois restringem a eficácia do processo. Assim, para otimizar a sua linha de produção, reduzir os custos produtivos e aumentar sua produtividade é essencial identificar estes gargalos para, em seguida, traçar estratégias de eliminação.

Exemplos práticos de gargalos

Exemplo 1: Em uma pizzaria, o pizzaiolo consegue montar 10 pizzas em 5 minutos, porém o forno da empresa tem somente capacidade para assar 2 pizzas em 4 minutos. Deste modo, na prática, a pizzaria só conseguiria produzir duas pizzas neste intervalo de tempo. Assim, ainda que fosse possível aumentar a velocidade de produção de outros processos envolvidos na manufatura das pizzas, a produtividade da empresa continuaria diretamente relacionada à limitação de capacidade produtiva do forno. Portanto, essa etapa produtiva seria considerada um gargalo de produção.  A existência de gargalos em restaurantes ocasiona atrasos recorrentes nos pedidos e, consequentemente, impacta negativamente as vendas e o relacionamento com o cliente.

Exemplo 2: Uma indústria têxtil consegue produzir 200 camisetas no dia, mas só consegue embalar 100. Assim, ao final do dia, a empresa terá somente 100 camisetas prontas para expedição. Os gestores dessa empresa, neste caso, teriam duas opções: produzir apenas 100 camisetas ou estocar as camisetas que não foram embaladas, contribuindo para aumentar o custo de produção. Portanto o processo de embalagem poderia ser considerado um gargalo de produção.

Como identificar e acompanhar os gargalos da sua produção?

  1. Mapeie os seus processos

Primeiramente, para identificar os gargalos de produção, recomenda-se realizar o mapeamento de todos os processos produtivos da empresa, possibilitando um maior entendimento dos mesmos, uma detecção assertiva de problemas e uma avaliação de quais etapas estão atrasando o tempo de produção.

Para aprender rapidamente como mapear os seus processos clique aqui.

  1. Estude os seus tempos de produção

Outra técnica essencial para um maior entendimento dos processos e da capacidade de produção é a Cronoanálise, a qual permite realizar uma estimativa mais precisa da eficácia produtiva, enxergar pontos de ineficiência e tomar decisões assertivas com foco no aumento da produtividade.

Para saber mais sobre a Cronoanálise clique aqui.

  1. Identifique e entenda as restrições

Com o mapeamento em mãos, pode-se identificar os gargalos de produção através da análise de capacidade.

Por exemplo, considere uma indústria X, na qual os 4 recursos acima são utilizados na produção e apresentam as capacidades produtivas ilustradas. Na prática, considerando uma linha de produção composta por 4 máquinas, a figura acima exemplifica uma situação de existência de uma máquina com capacidade produtiva inferior às demais e, por isso, essa máquina contribui para atrasar a produção da empresa, configurando-se como um gargalo de produção.

Vale ressaltar, também, a importância de se identificar os setores da empresa ou as etapas do processo produtivo que mais estão gerando problemas. Exemplos de dificuldades comuns que sugerem a existência de gargalos:

  • Problemas operacionais (ex: máquinas com defeito, tempos de setup, etc)
  • Problemas humanos (ex: falta de mão-de-obra especializada, equipe desmotivada, falta de treinamento, etc.)
  • Problemas externos (ex: problemas com fornecedores, regulamentações do governo, etc.)
  • Problemas no chão de fábrica (ex: layout pouco otimizado, falta de padronização etc)
  • Problemas no processo (ex: velocidade entre os postos de trabalho, falta de um software de controle, etc.)

Além disso, geralmente os gargalos também podem ser associados às etapas da produção nas quais ocorre uma frequente formação de estoque intermediário ou filas de produtos.

  1. Implemente indicadores

A implementação de indicadores pode ser uma poderosa arma para identificar e solucionar suas dificuldades de produção. Eles permitem um acompanhamento do desempenho dos processos e o monitoramento dos seus resultados. A análise dos indicadores pode ajudar a eliminar os gargalos de produção, além de poder ser utilizada para medir a produtividade dos processos e funcionários e auxiliar as tomadas de decisão.

Se você suspeita da existência de um gargalo na produção da sua empresa e não se sente seguro ainda ou não tem tempo para identificá-los, a Produção Jr pode te auxiliar nesse aspecto. Marque já o seu Diagnóstico gratuito conosco.
[/av_textblock]

[av_button label=’Peça seu diagnóstico gratuito’ link=’manually,http://producaojr.com.br/contato/’ link_target=” size=’x-large’ position=’center’ icon_select=’no’ icon=’ue803′ font=’entypo-fontello’ color=’theme-color’ custom_bg=’#444444′ custom_font=’#ffffff’ custom_class=” admin_preview_bg=”]

[/av_one_full][av_hr class=’default’ height=’50’ shadow=’no-shadow’ position=’center’ custom_border=’av-border-thin’ custom_width=’50px’ custom_border_color=” custom_margin_top=’30px’ custom_margin_bottom=’30px’ icon_select=’yes’ custom_icon_color=” icon=’ue808′ av-desktop-hide=” av-medium-hide=” av-small-hide=” av-mini-hide=”]

[av_one_fifth first min_height=” vertical_alignment=’av-align-top’ space=” margin=’0px’ margin_sync=’true’ padding=’0px’ padding_sync=’true’ border=” border_color=” radius=’0px’ radius_sync=’true’ background_color=” src=” attachment=” attachment_size=” background_position=’top left’ background_repeat=’no-repeat’ animation=” mobile_breaking=” mobile_display=’av-hide-on-mobile’ custom_class=”]
[av_team_member name=” job=” src=’https://producaojr.com.br/wp-content/uploads/2019/05/Yago-Mathuiy-300×300.jpg’ attachment=’5609′ attachment_size=’medium’ image_width=” description=” font_color=” custom_title=” custom_content=” admin_preview_bg=”]
[av_team_icon title=” link=’https://www.linkedin.com/in/yago-mathuiy-926b60163/’ link_target=” icon=’ue8fd’ font=’entypo-fontello’]

[/av_team_member]
[/av_one_fifth]

[av_four_fifth min_height=” vertical_alignment=’av-align-top’ space=” margin=’0px’ margin_sync=’true’ padding=’0px’ padding_sync=’true’ border=” border_color=” radius=’0px’ radius_sync=’true’ background_color=” src=” attachment=” attachment_size=” background_position=’top left’ background_repeat=’no-repeat’ animation=” mobile_breaking=” mobile_display=” custom_class=”]
[av_team_member name=’Yago Mathuiy’ job=’Diretor de Projetos’ src=” attachment=” attachment_size=” image_width=” description=’Graduando em Engenharia de Produção na UFSCar, Yago trabalha como Diretor de Projetos e Consultor na Produção Jr.’ font_color=” custom_title=” custom_content=” admin_preview_bg=”]
[av_team_icon title=’LinkedIn’ link=’https://www.linkedin.com/in/yago-mathuiy-926b60163′ link_target=’_blank’ icon=’ue8fc’ font=’entypo-fontello’]

[/av_team_member]
[/av_four_fifth]

[av_hr class=’default’ height=’50’ shadow=’no-shadow’ position=’center’ custom_border=’av-border-thin’ custom_width=’50px’ custom_border_color=” custom_margin_top=’30px’ custom_margin_bottom=’30px’ icon_select=’yes’ custom_icon_color=” icon=’ue808′ av-desktop-hide=” av-medium-hide=” av-small-hide=” av-mini-hide=”]

[av_hr class=’default’ height=’50’ shadow=’no-shadow’ position=’center’ custom_border=’av-border-thin’ custom_width=’50px’ custom_border_color=” custom_margin_top=’30px’ custom_margin_bottom=’30px’ icon_select=’yes’ custom_icon_color=” icon=’ue808′ av-desktop-hide=” av-medium-hide=” av-small-hide=” av-mini-hide=”]

[av_one_full first min_height=” vertical_alignment=” space=” custom_margin=” margin=’0px’ padding=’0px’ border=” border_color=” radius=’0px’ background_color=” src=” background_position=’top left’ background_repeat=’no-repeat’ animation=” mobile_breaking=” mobile_display=”]
[av_social_share title=’Share this entry’ style=” buttons=” share_facebook=” share_twitter=” share_pinterest=” share_gplus=” share_reddit=” share_linkedin=” share_tumblr=” share_vk=” share_mail=” av-desktop-hide=” av-medium-hide=” av-small-hide=” av-mini-hide=”][/av_social_share]

[av_comments_list av-desktop-hide=” av-medium-hide=” av-small-hide=” av-mini-hide=”]
[/av_one_full]

Open chat
Skip to content