Blog Produção Jr.

Por que adotar a Economia Circular e aderir à produção sustentável?

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Você verá neste artigo:

POR QUE ADERIR A ECONOMIA CIRCULAR E ADERIR À PRODUÇÃO SUSTENTÁVEL

Na visão do capitalismo, o consumo por parte da população é algo necessário para manter-se uma economia forte e estável. A necessidade de sempre dispor do último lançamento é difundida na sociedade desde a infância. O problema nisso se deve ao fato de que depois de consumir algo novo, o antigo passa a ser desnecessário, levando ao descarte desse produto, muitas vezes realizado de maneira incorreta, em depósitos de lixos, gerando chorume e poluição dos solos e das águas.

Com o passar dos anos, houve a intensificação do processo de industrialização, aumentando-se os detritos gerados por ela. Assim, surgiu a necessidade de não só utilizar as partes que seriam descartadas no processo de produção, mas também reutilizar os próprios produtos vendidos ao consumidor. Com isso, a sustentabilidade vem tomando enormes proporções e criando até conceitos como economia circular. Entenda mais sobre esses temas aplicados a empresas abaixo.

O que é sustentabilidade?

Sustentabilidade vem do latim sustentare e significa sustentar, dar apoio. Visto isso, o termo transmite a ideia de se atingir uma relação de harmonia entre a vida humana e a natureza. Não é possível viver sem causar danos a natureza, porém, é possível utilizar da melhor forma os bens extraídos dela.

O que é economia circular?

Economia circular é um conceito que visa mudar a forma atual de produção. Nessa ideia, todos os processos são pensados para se obter uma produção sustentável, de forma que os resíduos de cada processo e até o produto final sejam reutilizados posteriormente para a confecção de outros produtos. Assim, é criado um círculo em que se tenta ao máximo reutilizar materiais ao invés de se extrair mais da natureza.

Por que adotar uma economia circular é interessante?

Além da redução de danos que causaria para o meio ambiente, quando se vende ou utiliza os resquícios da produção para fazer outro produto, menos recursos da natureza são gastos, e ao mesmo tempo, se agrega um valor, que sem a adoção de uma economia circular, não existiria. Por isso, adotar modelos mais sustentáveis pode ser interessante para sua empresa. 

O modelo atual linear de produção faz com que a quantidade de matéria prima extraída na natureza aumente de forma exorbitante conforme as produções se intensificam. Em 1970, segundo o relatório da PNUMA, extraiu-se 22 bilhões de toneladas, já em 2010 esse número aumentou para 70 bilhões e espera-se que em 2050 alcance o marco de 180 bilhões de toneladas.

No modelo que muitas empresas adotam de produção linear, os recursos naturais são extraídos, processados, produzidos, vendidos e depois descartados. Em cada troca de processo, são gerados resíduos e, no final, o produto é descartado. Esse esquema de produção demanda um número muito alto de matéria prima. Já no modelo de economia circular, em que todo o processo é pensado de forma a manter a sustentabilidade, o uso desse recurso é otimizado.

Maneiras para alcançar a sustentabilidade

Um dos grandes problemas que as empresas encontram ao adentrarem nesse mundo da sustentabilidade com a economia circular é rever toda a sua linha de produção para que ela se enquadre no que foi descrito anteriormente. Uma das formas que auxilia a ter um controle melhor e ser capaz de aderir uma economia circular é a adoção do PCP. 

O PCP, ou Planejamento de controle da produção, refere-se a um gerenciamento operacional de uma empresa. Os principais objetivos ao adotar esse modelo são planejar, programar e controlar a sua produção, auxiliando na redução dos desperdícios gerados e tornando esse processo o mais sustentável possível. Como saber se o PCP é bom para sua empresa? Entre alguns sintomas, podemos notar o desconhecimento da demanda, que muitas vezes leva a desperdícios, alto volume de estoque ou falta de suprimentos, entre outros.

Outra forma que pode ser adotada para auxiliar na produção sustentável é a metodologia 5S, que, por sua vez, se baseia nas palavras em japonês Seiri, Seiton, Seiso, Seiketsu e Shitsuke e representam, respectivamente, senso de utilização, senso de ordenação e organização, senso de limpeza, senso de saúde e senso de autodisciplina. 

A filosofia do 5S é uma ferramenta que vem do pensamento Lean Manufacturing que busca otimizar os processos e também diminuir os desperdícios. Quer saber como o 5S pode reduzir os desperdícios na sua empresa e, assim, aumentar o seu lucro? Clique aqui e leia nosso artigo sobre o assunto

Além de tornar a forma de produção mais sustentável, essa filosofia também ensina para quem a adota um senso de disciplina ao trabalhador, o que, muitas vezes, leva ao cumprimento dos padrões de qualidade e auxilia na previsão do resultado final. Assim, o processo de produção como um todo é melhorado, tornando mais fácil a uma empresa que queira adotar algum modelo de produção sustentável.

A Produção Jr tem mais de 150 projetos realizados em diversas empresas e atua no ramo da Engenharia de Produção desde 2000. Assim, para implementar projetos e métodos semelhantes de maneira eficaz, entre em contato conosco e agende um diagnóstico gratuito para obter melhores resultados para seu negócio.

Skip to content